Eletrobras amortiza parte de dívida com Petrobras

Valor pago foi de R$ 1,3 bilhão e montante em aberto por conta da privatização das distribuidoras ainda é de pouco mais de R$ 9,5 bilhões

A Eletrobras informou na noite da última sexta-feira, 2 de agosto, que amortizou o valor de R$ 1,275 bilhão do saldo devedor dos Instrumentos de Assunção de Dívidas firmados com a Petrobras, em decorrência da privatização das distribuidoras. De acordo com o Fato Relevante da elétrica, os recursos utilizados para medida foram obtidos com as debêntures captadas pela Eletrobras e com recursos provenientes da primeira parcela do acordo judicial firmado com a Eletropaulo, atual Enel Distribuição São Paulo, quando a concessionária ainda era controlada pelo grupo AES.
Com isso o saldo devedor atualizado dos referidos instrumentos com a Petrobras agora é de R$ 9,56 bilhões. E ainda há outra dívida assumida junto à BR Distribuidora também em decorrência da privatização das distribuidoras. Nesse caso o valor é de R$ 800 milhões.