Procel contribuiu para economia de 23 bilhões de kWh em 2018

Volume equivale a quase 5% do consumo de energia elétrica no país no período. Economia também evitou emissão de 1,7 milhão de toneladas de CO2 equivalentes à atmosfera

O Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica (Procel) colaborou com a economia de 23 bilhões de kWh de energia elétrica em 2018, valor equivalente a 4,87% do consumo total de eletricidade do Brasil no ano. A informação consta no Relatório de Resultados do Programa, que também evitou a emissão de 1,7 milhão de toneladas de CO2 equivalentes à atmosfera, o que correspondente à quantidade liberada por 584 mil veículos durante 360 dias.

Instituído em 1985, o Procel é um programa de governo coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e executado pela Eletrobras. A nova edição do relatório comemora o 25º aniversário do Selo Procel de Economia de Energia, que esteve presente, somente em 2018, em mais de 34 milhões de equipamentos vendidos no país.

Além do selo, o Programa é responsável por atividades relacionadas à educação e aos setores da indústria, saneamento ambiental, gestão energética municipal, edificações e iluminação pública. No setor industrial, em 2018, destaca-se a execução do Projeto Aliança, voltado a processos em grandes consumidores industriais.

Outro importante marco foi a atuação do Procel Reluz, com a assinatura de 22 termos de cooperação técnica com prefeituras selecionadas por meio da primeira Chamada Pública de Projetos de Iluminação a LED. Para acessar o relatório clique aqui.