Eletrobras deve lançar novo PDV em setembro

Adesão a Plano de Demissão Consensual vai até novembro

A Eletrobras deve realizar mais um Plano de Demissão Voluntária. O novo Plano de Demissão Consensual deverá ser lançado em setembro e os funcionários vão ter até novembro para aderir ou não. De acordo com o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, o PDV já foi submetido a Secretaria de Controle das Estatais e aguarda seu aval. “Estamos otimistas”, revela o executivo em coletiva a jornalistas nesta terça-feira, 13 de agosto. Quem aderir ao plano sai da empresa no mês de dezembro.

Há na Eletrobras cerca de dois mil funcionários elegíveis para o PDV, o que anima Ferreira Júnior. O alvo seriam pessoas já em idade ou próximo de se aposentar. A empresa tirou neste semestre 468 pessoas e ainda pretende tirar outras 1.681 no ano que vem. A aprovação da reforma da previdência também é outro fator que pode colaborar com o aumento no número de adesões ao PDV da estatal.

No primeiro semestre do ano passado, foram 820 empregados desligados da empresa no Plano de Demissão Consensual.