Níveis caem 0,2% nos reservatórios do SE/CO, que operam abaixo de 43%

Segundo o ONS, todos submercados do país apresentaram redução no volume útil pelo terceiro dia seguido. Nordeste funciona abaixo de 51% e a usina de Sobradinho marca 42,42% da capacidade

Seguindo o que tem sido observado nesse mês de agosto, todos reservatórios do país sofreram queda em suas capacidades de armazenamento em relação ao dia anterior. A região Sudeste/Centro-Oeste apresentou redução de 0,2% e opera a 42,9%, segundo as informações da operação da última quarta-feira, 14 de agosto, aferido pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia armazenada marca 87.203 MW mês e a afluente segue em 86% da MLT. A hidrelétrica de Furnas trabalha com 46,20% e a usina de Nova Ponte, com 43,18% de sua vazão.

Os reservatórios do Nordeste contaram com recuo de 0,1% nos níveis, que admitem 50,9%. A energia afluente permanece em 49% e a armazenada indica 26.397 MW mês. A hidrelétrica de Sobradinho opera a 42,42%. O subsistema Norte reduziu 0,2% e os reservatórios funcionam a 70,1% do seu volume útil. A energia armazenada aparece com 10.552 MW mês e a energia afluente foi para 83% da MLT. A usina hidrelétrica de Tucuruí opera a 96,12%.

Já no Sul do país a queda foi de 1,1%, fazendo a capacidade de armazenamento diminuir para 65,6%. A energia armazenável no mês desceu para 30% da MLT, enquanto a armazenada registra 13.496 MW. As UHEs G.B Munhoz e Passo Fundo operam, respectivamente, com capacidades de 63,63% e 61,32%.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.