Consumidores da Forcel vão ter aumento médio de 8,23% nas contas

Efeito na alta tensão chega a 9,48% a partir de 26 de agosto

A Agência Nacional de Energia Elétrica definiu em reunião realizada nesta terça-feira, 20 de agosto, em 8,23% o aumento médio nas tarifas dos consumidores da Forcel (PR). Para os consumidores da alta tensão, o reajuste vai ficar em 9,48%, enquanto na baixa tensão ele vai ser de 7,26%. O reajuste vale a partir do dia 26 de agosto.

Ao contrário das demais distribuidoras que tiveram suas novas tarifas definidas hoje, a Forcel teve aumento no índice. Ainda assim, ele ficou bem abaixo dos 29,8% do ano passado. A Forcel atende a 7,8 mil unidades consumidoras, sendo 6,1 mil residenciais. A receita anual no ano passado ficou em R$ 21,5 milhões.