Reservatórios do Nordeste iniciam setembro com 48,5% da capacidade

Segundo o ONS, todos submercados do país apresentaram reduções nos níveis em relação ao dia anterior. Região Sul teve queda de 0,4% e opera a 53,4% do seu volume útil

Os reservatórios do Nordeste iniciaram o mês de setembro com recuo de 0,1% na capacidade de armazenamento, que ficou em 48,5%, segundo informações da operação do Sistema Interligado Nacional (SIN) do último domingo, 1º de setembro, registradas pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). A energia afluente do subsistema foi para 46% e a armazenada indica 25.131 MW mês. A hidrelétrica de Sobradinho funciona a 40,92%.

Já os reservatórios do Sul apresentaram queda de 0,4% nos níveis, que desceram para 53,4%. A energia contida no mês foi para 25% da MLT, enquanto a armazenada marca 10.982 MW. As UHEs G.B Munhoz e Passo Fundo funcionam, respectivamente, com capacidades de 39,67,49% e 54,35%. No Norte do país a alteração negativa foi de 0,2% e os reservatórios trabalham com 64,3% de seu volume útil. a energia armazenada na região aparece com 9.669 MW mês e a afluente em 73% da MLT. A usina hidrelétrica de Tucuruí admite 87,74% de sua capacidade.

Na região Sudeste/Centro-Oeste a diminuição foi de 0,1%, fazendo a vazão do subsistema cair para 39,2%. A energia armazenada mostra 79.660 MW mês e a afluente caiu para 79% da MLT. A UHE Furnas trabalha com 41,52% e a usina de Nova Ponte com 41,04% de sua vazão.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.