Governo cria grupo para estruturar formação técnica para o setor nuclear

Objetivo é estabelecer rede com órgãos governamentais, instituições de ensino e do setor industrial para dinamizar formação continuada de recursos humanos necessários ao desenvolvimento do setor nuclear nacional

O Comitê de Desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro decidiu criar um grupo técnico para o estabelecimento de diretrizes e metas que viabilizem a constituição de uma estrutura em rede, de base científica e tecnológica, com a participação de órgãos do governo, instituições de ensino e do setor industrial, no intuito de dinamizar a formação continuada de recursos humanos necessários ao desenvolvimento do setor nuclear nacional.

Segundo a Resolução nº 12, publicada nesta sexta-feira, 6 de setembro, no Diário Oficial da União, a deliberação aconteceu após a terceira Plenária do Comitê, realizada em 12 de novembro de 2018. O grupo terá duração de 180 dias corridos e será coordenado por um representante do Ministério da Educação, que poderá convidar representantes de outros órgãos e entidades cuja participação seja considerada indispensável ao cumprimento dos objetivos e do produto final: um relatório propondo diretrizes e metas específicas para fomentar o ensino técnico à indústria nuclear.

Por solicitação do Coordenador do grupo, o prazo para a conclusão dos trabalhos poderá ser prorrogado, uma única vez, por igual período. As demais orientações específicas e complementares ao Regimento Interno do Comitê de Desenvolvimento do Programa Nuclear Brasileiro, quanto ao funcionamento desse agrupamento, serão publicadas em Portaria do Ministro de Estado Chefe do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República.