Energia elétrica pressiona e IPCA-15 de setembro chega a 0,09%

Item apresentou oitavo aumento seguido e maior impacto dentro do grupo habitação. Prévia da inflação chega a 2,60% no ano

O oitavo aumento consecutivo da energia elétrica foi um dos responsáveis pelo IPCA-15 de 0,09% em setembro. O item teve uma alta de 2,31%  e está inserido no grupo habitação, que teve a maior variação no período, de 0,76% e o maior impacto no resultado do mês, de 0,12 ponto percentual.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o índice ficou acima do mês anterior, de 0,08% e a prévia da inflação acumula alta de 2,60% no ano e de 3,22% em 12 meses.

A bandeira vermelha patamar 1, que está em vigor, somou R$ 4 para cada 100 kWh consumidos. Ainda de acordo com o IBGE, o item energia elétrica já acumula alta de 11,55% no ano.