Aneel aprova conjuntos de consumidores de cooperativas regularizadas

Processo é necessário ao monitoramento dos indicadores de qualidade na prestação do serviço de distribuição

A Agência Nacional de Energia Elétrica aprovou a criação dos conjuntos de unidades consumidoras de dez cooperativas de eletrificação que assinaram em 2018 contrato como permissionárias de distribuição de energia elétrica. Cada uma delas terá um único agrupamento de consumidores para efeito de monitoramento dos indicadores de qualidade do serviço prestado.

A definição dos conjuntos foi feita pelas cooperativas Castro (Castro -PR), Cegero (São Ludgero – SC), Ceral Araruama (RJ),  Cerci ( Cachoeiras‐Itaboraí – RJ), Cerfox (Fontoura Xavier – RS), Cersad (Salto Donner – SC), Certhil ( Entre Rios – RS), Cervam (Vale do Mogi – SP), Codesam (Santa Maria – RS) e Coperzem (Armazém – SC). A definição, dos conjuntos de consumidores é uma etapa do processo de regularização das cooperativas.