Siemens Gamesa fecha três novos contratos no Chile

Contratos elevam os pedidos da empresa no país para 640 MW no período de 12 meses encerrados em setembro de 2019, um recorde

A fabricante de turbinas eólicas Siemens Gamesa anunciou a assinatura de três novos pedidos para atender 359 MW em projetos eólicos no Chile, estabelecendo um recorde de 640 MW de pedidos no país para o ano fiscal que terminou em 30 de setembro. O valor do contrato e o nome dos clientes não foram revelados, segundo a nota divulgada para a imprensa nesta quinta-feira, 17 de outubro.

“Estamos muito satisfeitos por estender nossa liderança regional ao Chile, onde fechamos o ano mais forte de todos os tempos. A plataforma Siemens Gamesa 4.X foi fundamental para consolidar essa liderança, pois é a opção ideal para o mercado local, contribuindo significativamente para melhorar os negócios de nossos clientes”, disse Jorge Lobatón, diretor-geral onshore da Siemens Gamesa Latam.

No total, serão fornecidas 82 turbinas eólicas modelo SG 4.5-145, além de fornecer serviços de operação e manutenção a longo prazo de até 15 anos para alguns dos projetos. A instalação das máquinas está prevista para 2020. As fontes renováveis contribuem para o ambicioso programa de descarbonização do Chile, incluindo o fechamento de 28 usinas a carvão.