Desarme de LTs corta 2.089 MW em Minas Gerais e Espírito Santo

Sobrecarga na rede da zona leste de Minas provocou desligamento de diversas linhas e equipamentos da região; Energia foi restabelecida totalmente em 33 minutos

No meio da tarde do último sábado (19), precisamente às 16:06 horas, ocorrências na rede de transmissão de energia elétrica de Minas Gerais provocaram um dos maiores cortes de energia no ano: 1.603 MW de cargas da Cemig na zona leste do estado e 486 MW da EDP-SP no Espírito Santo, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico, por meio do seu boletim diário da Operação.

O Operador reportou que o desligamento automático das linhas de transmissão em 500 kV Mesquita-Vespaziano 2 e Neves-Mesquita causaram sobrecarga e subtensão a rede de 230 kV da zona leste de Minas Gerais, seguido pelo desligamento de diversas LTs e equipamentos da região. Ao todo, foram 33 minutos para restabelecimento completo das cargas, o que aconteceu às 16:39 horas do referido dia.