Enel São Paulo lucra R$ 345,6 milhões no terceiro trimestre

De julho a setembro de 2018, companhia havia apresentado resultado positivo de R$ 2,8 milhões

A distribuidora de energia elétrica Enel São Paulo anunciou nesta sexta-feira, 25 de outubro, lucro líquido de R$ 345,6 milhões no terceiro trimestre de 2019, ante R$ 2,8 milhões registrado em igual período em 2018. No ano, o lucro líquido ficou em R$ 546,06 milhões, revertendo o prejuízo de R$ 158,26 milhões nos nove primeiros meses de 2018.

Segundo a empresa, o lucro aumentou em razão da melhora na performance operacional e nos resultados financeiros, atribuídos à reestruturação financeira da dívida, realizada em 2019, resultando na negociação de dívidas existentes por novas dívidas a custos mais baixos, além de uma taxa média de juros menor no período.

A receita bruta da companhia alcançou R$ 6,4 bilhões, redução de 8% na comparação com o terceiro trimestre de 2018. De janeiro a setembro, a receita bruta da distribuidora ficou em R$ 17,828 bilhões, 1,3% menor que nos mesmos meses anteriores. O Ebitda de R$ 659,1 milhões, computado entre julho a setembro deste ano, é 79,6% maior do que o verificado no mesmo período do ano anterior. O resultado no acumulado do ano alcançou R$ 1,572 bilhão, o que representa uma alta de 78,1% ante igual período anterior.

Os investimentos da distribuidora recuaram 32,1% no acumulado do ano para R$ 649,7 milhões. Já a dívida líquida cresceu 12,8% para R$ 649,7 milhões.