Grupo Energisa registra alta de 4,4% no consumo do terceiro trimestre do ano

Desempenho se deve ao aumento de 8,2% do consumo de energia elétrica da classe residencial e de 6,3% da classe comercial

O mercado consumidor do Grupo Energisa, considerando os ambientes cativo e livre, fechou o terceiro trimestre de 2019 registrando uma alta de 4,4% frente ao mesmo período do ano passado e totalizando 8.881,9 GWh, de acordo com boletim divulgado na última sexta-feira (25).

A demanda por energia elétrica nas áreas de concessão das 11 distribuidoras do Grupo apenas em setembro nos mercados livre e cativo bateu recorde histórico no mês, alcançando 3.103 GWh – 8,4 % acima do verificado em setembro de 2018. Também houve aumento no consumo, de 4,2%, no agregado de janeiro a setembro de 2019, somando 26.727,1 GWh.

Na análise trimestral, a Energisa explica que o desempenho no trimestre se deve principalmente ao aumento de 8,2% do consumo de energia elétrica da classe residencial, somando 3.152,9 GWh, e de 6,3% da classe comercial, que somou 1.729,5 GWh.

Em contrapartida, houve queda de 1,8% na demanda do segmento residencial, que ficou em 1.842,6 GWh no período julho-setembro. Já a classe rural cresceu 1,7%, fechando em 955,7 GWh. Em setembro, as concessionárias de distribuição do Grupo com maior consumo de energia elétrica foram a Enegisa MT, com 864,7 GWh demandados; e a Energisa MS, com consumo de 461,9 GWh.