Furnas procura sócio para participar do leilão de transmissão

Os investidores interessados devem se manifestar até às 18h de quarta-feira, 30 de outubro

A elétrica estatal Furnas poderá retornar aos leilões neste ano, após seis anos ausente dos certames promovidos pelo governo federal. A empresa lançou nesta semana uma chamada pública com o objetivo de constituir parceria com investidores e instituições financeiras (FIPs) para participar do próximo leilão de transmissão, programado para 19 de dezembro de 2019. Os investidores interessados devem se manifestar até às 18h de quarta-feira, 30 de outubro.

Assim como outras subsidiárias da Eletrobras, Furnas deixou de participar dos leilões de transmissão e geração após acumular uma série de projetos em construção e atrasar a conclusão das obras. O atraso excessivo comprometeu o planejamento da expansão do Sistema Interligado Nacional (SIN) e levou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) a criar uma regra para impedir que empresas com histórico de atrasos de projetos e penalidades continuassem arrematando novas obras.

O próximo leilão de transmissão irá licitar 2.470 quilômetros de linhas e 7.800 MVA de capacidade de transformação, com investimentos estimados em R$ 4,17 bilhões, distribuídos pelos estados de Goiás, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Acre, Pará, Bahia, Alagoas, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Ceará e Rio Grande do Sul.