Aneel libera 21,1 MW térmicos para testes no Amazonas

Decisão contempla UTEs Benjamin Constant + Atalaia do Norte – CGA e Borba – VPTM

A Agência Nacional de Energia Elétrica deliberou um total de 21,1 MW térmicos para operação em teste no estado do Amazonas. A decisão vale para duas usinas, uma delas denominada Benjamin Constant + Atalaia do Norte – CGA, formada por 10 unidades geradoras de aproximadamente 1 MW, perfazendo um total de 10,6 MW de potência no município de Benjamin Constant. O empreendimento é de posse de um consórcio formado pelas empresas Amazonbio, Aggreko e Brasil Bio Fuels.

A outra UTE liberada para testes é a Borba – VPTM, constituída por 4 unidades de 1,2 MW e duas de 2,7 MW cada, totalizando 10,5 MW de capacidade instalada na cidade de Borba. O ativo pertence a SPE VP FlexGen.