Equatorial aplica R$ 30 mi e deve inaugurar SE em Maceió até o final do ano

Conjunto de obras irá beneficiar mais de um milhão de pessoas na capital alagoana. Previsão é de aporte de R$ 300 milhões em obras, manutenção e renovação do sistema elétrico da concessionária até 2020

A Equatorial Energia Alagoas está avançando com o conjunto de obras que irá beneficiar mais de um milhão de pessoas em Maceió até o final do ano, quando a empresa espera inaugurar a nova subestação da Serraria, que vai colaborar para um melhor fornecimento elétrico da capital, especialmente na parte alta da cidade. O investimento previsto para o empreendimento é de mais de R$ 30 milhões.

A capital alagoana tem crescido de forma exponencial, o que justifica a iniciativa para reforço do sistema de distribuição de energia na região, que aumenta a confiabilidade e qualidade no fornecimento aos clientes e beneficiando residências, comércios e indústrias. Além dessa melhoria, o conjunto de obras dará para a companhia mais uma opção de manobra para realizar o abastecimento de energia de Maceió em caso de falhas na transmissão ou no suprimento de energia pela Chesf. Se houver algum problema em um dos pontos de suprimento, a cidade poderá ser atendida pelo outro, diminuindo assim os riscos de falta de energia de grande impacto.

Para o executivo de Expansão em Alta Tensão da Equatorial, Rodrigo Siqueira, a inauguração da subestação de Serraria é de suma importância para a cidade, que há anos não recebe nenhum grande empreendimento energético. “É mais opções de suprimento e melhorias também ao atendimento da parte alta da cidade, área com maior concentração populacional, já que teremos mais uma subestação de grande porte na região”, enfatizou o executivo.

Desde março, quando assumiu a concessão de energia no estado, a Equatorial vem trabalhando para levar energia de qualidade a todos os alagoanos. Para atingir o objetivo, a distribuidora tem previsto para o biênio 2019/2020 investir aproximadamente R$ 300 milhões em obras, manutenção e renovação do sistema elétrico que vão desde a construção de subestações a troca de conectores de redes. São ações vão gerar mais confiabilidade e qualidade no fornecimento de energia elétrica em todo o estado.