Nordeste apresenta novo pico de geração solar

Segundo o ONS, sistema registrou produção de 1.164 MW na manhã do último domingo (10), volume suficiente para suprir 12,6% da carga da região

O Nordeste do país apresentou um novo pico de geração solar na manhã do último domingo, 10 de novembro, quando atingiu a marca de 1.164 MW às 10h45, com um fator de capacidade de 91,7%. No momento do recorde, a produção por painéis e placas fotovoltaicas foi suficiente para suprir 12,6% da carga da região, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). O recorde anterior havia acontecido no dia 6 de outubro de 2019, quando foram registrados 1.142 MW.

Em relação à média de geração solar ao longo do dia, o último recorde foi registrado no dia 30 de outubro pelo Operador, no valor de 431 MW médios. O montante corresponde a um fator de capacidade de 34% e participação na carga do Nordeste de 3,9%. A melhor marca até então era de 423 MW médios, batida no dia 15 de setembro de 2019.