Usina de biogás destinada a GD é inaugurada no Rio de Janeiro

Ativo da ENC Energy tem capacidade para gerar 1MW/h, suficiente para abastecer uma cidade de 13 mil habitantes e para retirar 27.500 toneladas de CO2 por ano da atmosfera

A região Norte Fluminense, no Rio de Janeiro, passa a contar com uma usina de geração de energia a partir do biogás proveniente da decomposição do lixo orgânico de aterro sanitário. Instalada e operada pela ENC Energy Brasil, a central geradora tem um motor e capacidade de geração de 1MW/H, o suficiente para abastecer um município de 13.500 habitantes, e retirar da atmosfera 27.500 toneladas de CO2 equivalente por ano. O projeto, que contou com investimentos de R$ 6 milhões, é focado no mercado de geração distribuída, sendo destinado aos consumidores de média e baixa tensão.

Luis Matos, Diretor de Operações da ENC Energy, destaca que, além de 100% limpa, a geração de energia a partir do lixo orgânico é a de maior impacto social. “Partimos de um déficit, em termos ambientais, para um crédito”, afirma o executivo, referindo-se a maior geração de empregos que a atividade proporciona quando se comparada às demais formas de geração de energia, além de reduzir o custo do tratamento do lixo e evitar que gases poluentes sejam jogados no meio ambiente.

A ENC também inaugurou, em outubro, uma usina no Maranhão formada por dois motores, num total de 2MW/h de capacidade, e se prepara para inaugurar outra unidade com quatro motores no município de Igarassú, em Pernambuco. “A receptividade das empresas ao uso dessa matriz energética tem sido excepcional, tanto pela redução nos custos de energia como pelo engajamento do empresariado na proteção do meio ambiente”, afirma Matos.

A empresa mantém contratos com aterros sanitários privados, devidamente licenciados pela legislação ambiental brasileira. Criada em 2012, a subsidiária brasileira da ENC Energy tem como acionistas a empresa portuguesa ENC Energy e o fundo GEF Capital Partners. Ao todo, a companhia está investindo R$ 50 milhões em nove usinas nos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Maranhão.