EDP Renováveis viabiliza parque eólico no RN

Com contrato de 16 anos, projeto voltado ao mercado livre deve iniciar operação em meados de 2024

A EDP Renováveis Brasil fechou acordo relativo a um contrato de aquisição de energia de 16 anos para venda de energia gerada pelo projeto eólico de Catanduba, com 96 MW de capacidade instalada, localizado no Rio Grande do Norte. O início da operação é esperado para acontecer em meados de 2024.

Com esse novo contrato, voltado ao mercado livre, a EDP Renováveis passa a contar 1,1 GW de projetos eólico e solar em desenvolvimento para início das operações entre 2021 e 2024 no Brasil. Com isso, o portfólio da empresa chegará a um total de 1,5 GW. A empresa não deu detalhes sobre o contrato como o nome do cliente.