EDP Smart vai modernizar iluminação de shopping no ES

Shopping Vitória vai ter economia média de 324,54 MWh/ano, o equivalente ao consumo médio anual de 162 residências

A EDP, por meio da EDP Smart, divisão que reúne o portfólio de soluções em energia da companhia, realiza no Shopping Vitória, na capital capixaba, mais um projeto de eficiência energética. A iniciativa tem como objetivo modernizar totalmente a iluminação do local, gerando uma economia média de aproximadamente 324,54 MWh/ano, o equivalente ao consumo médio anual de 162 residências. A ação ainda evitará a emissão de 24 toneladas de CO2 por ano, o correspondente ao plantio de 149 árvores.

A primeira parceria entre as empresas aconteceu em 2015, quando a EDP realizou a substituição de seis chillers – equipamentos responsáveis pela geração de ar-refrigerado para as áreas comuns do shopping. Com esse projeto, o shopping pode reduzir o consumo de eletricidade e, consequentemente, poupando a utilização de recursos naturais para geração de energia. Neste novo projeto, a EDP espera trazer ainda mais economia ao local. Entre os benefícios, estão a redução do gasto de energia e da fatura, renovação da tecnologia de iluminação e a redução da necessidade de manutenção das lâmpadas. Cerca de 5 mil lâmpadas serão trocadas em todo o interior do shopping até novembro.

De acordo com Daniel Santiago, gestor executivo da EDP Smart, a EDP tem ampliado sua atuação no segmento de soluções em energia em todo o País. Segundo ele, os projetos reforçam os compromissos da Companhia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, em especial, o ODS 12, de Consumo e Produção Responsáveis e o ODS 15, da Ação Contra a Mudança Global do Clima, sempre levando economia e eficiência para os nossos clientes”, diz

Para Cícero Nobre, gerente de operações do Shopping Vitória, a parceria permitirá ao Shopping Vitória ser ainda mais eficiente na questão ambiental. Segundo nobre, o shopping se empenha para buscar ações que contribuam para a redução do uso de recursos naturais e a emissão de poluentes, como o CO2. Ainda segundo o executivo, além de ter um desempenho importante com relação ao meio ambiente e impacto do custo da energia elétrica, as novas lâmpadas também garantirão uma revitalização natural do ambiente, deixando a iluminação do local ainda mais bonita.