Copel encerra PDV e economiza R$ 93,7 milhões

Foram designados 395 funcionários da estatal

A Copel encerrou no último dia 15 de dezembro o prazo de desligamento da companhia para os empregados que aderiram ao respectivo Programa de Demissão Incentivada, que estava em esteve vigente entre 1º e 30 de novembro de 2019. No total, 395 funcionários solicitaram e efetivaram o seu desligamento, dos quais, 296 eram da Copel-D, 72 da Copel GT, 17 da Copel Telecom, 4 da Copel Comercialização e 6 da Copel Holding. O montante das respectivas indenizações totalizou R$ 43,1 milhões e a companhia tem a perspectiva de redução de custo anual na ordem de R$ 93,7 milhões.

Com mais esse programa, a Copel contabiliza, nos últimos 3 anos, 1.206 pessoas que se desligaram da empresa através de PDIs, refletindo o compromisso assumido pela administração da companhia com a redução dos custos e o aprimoramento da eficiência operacional do grupo Copel.