ONS: próxima semana deverá ter pequeno aumento nas afluências

De acordo com ONS, carga deve subir 1,6% em dezembro

A revisão semanal do Programa Mensal da Operação para a semana de 21 a 27 de dezembro indica que haverá um pequeno aumento nas afluências, com exceção do Sul, onde ocorrerá aumento mais significativo em sua previsão. De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico, a previsão mensal de dezembro sinaliza a ocorrência de afluências abaixo da média histórica para todos os subsistemas, menos no Sudeste que vai ficar próximo da média histórica.

O Sudeste deverá terminar dezembro com Energia Natural Afluente de 41.635 MW med, o mesmo que  87% da média de longo termo armazenável. No Nordeste, ela deve ficar em 4.452 MW med ou 45% da MLT. Na região Norte, a ENA deve ficar em 4.756 MW med, que é 57% da MLT e no Sul, os 5.279 MW med significam que as afluências serão 68% da MLT.

A carga no Sistema Interligado Nacional deve crescer 1,6% na comparação com dezembro de 2018, ficando em 68.901 MW med. A sinalização de melhora em segmentos industriais traz a perspectiva de aumento na carga. O Sudeste é a única região em que ela vai cair, recuando em 0,6%, devido a chuvas e temperaturas mais amenas durante nos dez primeiros dias do mês. O Norte vai ter o maior aumento de 8,4%, puxado pela retomada de carga de um consumidor livre da rede básica e com sua carga reduzida desde abril de 2018. O Nordeste vai ter no mês aumento de 6,2%, subindo na comparação pelas baixas temperaturas do ano passado. A taxa de crescimento no Sul chega a 1,8%.

A média semanal do Custo Marginal da Operação deverá ficar em R$ 193,28/ MWh na próxima semana. Nas cargas pesada e média, o valor para todos os submercados é de R$ 194,65/ MWh. A carga leve fica em R$ 192,23/MWh em todos os submercados.