Aneel define previsão de EER e ESS para 12 distribuidoras

Previsão vale para concessionárias com reajuste do primeiro quadrimestre do ano que vem

A Agência Nacional de Energia Elétrica publicou despacho nesta segunda-feira, 23 de dezembro, estabelecendo a previsão anual de custos de Encargo de Serviço de Sistema e ao Encargo de Energia de Reserva para as distribuidoras com reajuste tarifário nos primeiros quatro meses a partir de janeiro de 2020. Serão cerca de R$ 1,18 bilhão de EER e R$ 103 milhões de ESS para 12 distribuidoras de energia. A Light vai ficar com o maior valor para os dos encargos: R$ 243,1 milhões de EER e R$ 31,7 milhões de ESS. A CPFL Paulista vem em segundo, com R$ 212,1 milhões de EER e R$ 27,6 milhões de ESS. Veja abaixo a tabela de valores: