Taesa obtém licenças ambientais para sistema de transmissão no RS

Licenças foram obtidas antes do prazo previsto de 25 de agosto de 2020

A Fundação Estadual de Proteção Ambiental do Rio Grande do Sul (Fepam) concedeu as licenças ambientais prévias para todas as linhas de transmissão e para três subestações do projeto Sant’Ana Transmissora Energia, subsidiária da Taesa. Os empreendimentos formaram o lote 12 do leilão de transmissão nº4 realizado em dezembro de 2018.

“Vale ressaltar que as licenças prévias mencionadas foram obtidas antes do prazo previsto de 25 de agosto de 2020, conforme cronograma da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel)”, diz o comunicado divulgado pela Taesa.

O projeto de Sant’Ana é composto por 591 km de linhas de transmissão no Rio Grande do Sul, com prazo para energização em março de 2023, de acordo com o cronograma da Aneel. O investimento está estimado em R$ 610 milhões, com receita definida em R$ 60,7 milhões para o ciclo 2019-2020.

“A companhia reforça seu foco na execução e entrega no prazo de seus oito projetos em construção, que totalizam R$ 3,5 bilhões de investimentos e R$ 607 milhões de RAP (considerando apenas o stake Taesa), e vem trabalhando na antecipação de entrega de alguns deles, buscando eficiência de capex e de financiamento, com o objetivo de alavancar ainda mais os retornos destes empreendimentos”, concluiu o comunicado.