Eólica de 17,3 MW é aprovada para operação comercial no RN

Aneel também autorizou PCH em Santa Catarina e térmicas no Amazonas

A central de geração eólica Ventos de Vila Acre II recebeu aprovação da Aneel para operar comercialmente cinco aerogeradores de 3,4 MW cada, totalizando 17,3 MW de potência em Serra do Mel, no Rio Grande do Norte. No mesmo município, foram autorizados testes em três turbinas do parque eólico Ventos de Vila Ceará II, somando 10,3 MW de capacidade instalada.

Outra liberação foi para a Companhia RPee Energia, que explora a PCH Tupitinga. A decisão envolve a operação comercial da turbina UG3, de 9,6 MW de potência no município de Campos Novos, em Santa Catarina.

Já no Amazonas, as termelétricas UTE Mocambo – COE e Boa Vista do Ramos+Cametá-COE foram contempladas pelo parecer positivo da Agência e já podem operar suas respectivas unidades geradoras, UG1 a UG3, de 224,5 kW cada, e UG4 e UG5, de 74 kW cada, totalizando 821,5 kW em Parintins, para a primeira usina, e UG1 a UG8, de 487 kW cada, UG9 de 1,3 MW, UG10 e UG11, de 321 kW cada uma, perfazendo um total de 5,9 MW em Boa Vista do Ramos.