Taesa conclui captação de R$ 1,6 bilhão em debêntures da IE Ivaí

Primeira emissão para a subsidiária paranaense tem vencimento em 2043 e amortização em 42 parcelas

A transmissora Taesa concluiu a captação de recursos de longo prazo de sua subsidiária, Interligação Elétrica Ivaí S.A, a partir da primeira emissão de Debêntures Simples, não conversíveis em ações, no montante de R$ 1,6 bilhão, informou a companhia em comunicado ao mercado e acionistas na noite da última sexta-feira, 27 de dezembro. A emissão data do dia 15 de dezembro, com vencimento para o mesmo dia do ano de 2043. A remuneração acontecerá a um IPCA de 4,9982% ao ano, através de 42 parcelas.

Ivaí é o empreendimento em construção do lote 1, do leilão de transmissão nº 005/2016, realizado em abril de 2017, em que a Taesa participa em parceria com a Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista – Isa Cteep, na proporção igualitária de 50%, e cujo prazo estipulado pela Agência para energização é agosto de 2022. O empreendimento situa-se no Estado do Paraná, e tem extensão de 600 km de linha, em Circuito Duplo, além de três novas subestações, a um investimento Capex Aneel de R$ 1,9 bilhão e RAP de R$ 294,0 milhões para o ciclo 2019-2020.