CEB assina contrato para captação de R$ 94 mi junto ao BRB e Banco Chinês

Recursos serão destinados para subsidiária de distribuição melhorar suas condições econômico-financeiras

A Companhia Energética de Brasília – CEB e as instituições financeiras Banco Regional de Brasília – BRB e China Construction Bank – CCB assinaram dois contratos na manhã da última segunda-feira (30) para operações de crédito na ordem de R$ 94 milhões. A captação dos recursos destina-se ao aporte de capital junto à CEB Distribuição, sua subsidiária, com o objetivo de melhorar as condições econômico-financeiras da concessionária.

A concretização do aporte é mais uma medida adotada pela atual gestão da companhia, que tem recebido o reconhecimento do mercado com as medidas saneadoras e de reestruturação. Após meses de negociações com diversas instituições financeiras em busca de melhores taxas e condições, a holding formalizou a captação, na modalidade Cédula de Crédito Bancário, de R$24 milhões junto ao BRB, com a remuneração para a instituição financeira de CDI + 4,0%, com taxa de estruturação de 0,5% sobre o valor total da operação.

Com o CCB o montante captado totalizou R$ 70 milhões, com remuneração para o Banco de Fomento Chinês de CDI + 3,9 %, e taxa de estruturação de 0,6% sobre o valor total da operação. Armando Casado, Diretor Financeiro e de Gestão de Riscos da CEB Distribuição S/A, comentou o sucesso da operação.

“A captação de recursos foi estruturada com muito cuidado para a execução do Plano de Negócios da CEB nos próximos anos. Demos um passo importante para conduzir a CEB-D a um futuro de mais eficiência na prestação de serviços e atendimento à comunidade”, afirmou.

Por sua vez, o Diretor-Presidente do Banco Regional de Brasília, Paulo Henrique Bezerra Rodrigues Costa, mencionou em sua fala que o BRB cumpre sua função institucional. “O BRB tem como uma de suas missões, apoiar políticas públicas e o fomento de empresas do Distrito Federal e Centro-Oeste, e espera colaborar com a Companhia Energética de Brasília para que a prestação de seus serviços beneficie toda a nossa sociedade”.

Edison Garcia, Presidente da Companhia Energética de Brasília, disse que em 2019 foi conquistado o avanço em pontos cruciais para a empresa, com uma melhora significativa nos resultados no terceiro trimestre, através da assinatura do novo Acordo Coletivo de Trabalho, que reduziu gastos com pessoal, além de uma economia importante nos custos operacionais dos novos contratos de fornecimento de material e serviços. “Com o aporte firmado hoje na CEB-D, teremos a certeza da melhoria da sua situação econômico-financeira, o que resultará na redução de endividamento e a possibilidade de realizar, em 2020, investimentos para a sociedade”, pontuou.

O Presidente também agradeceu o empenho de todos os envolvidos nas tratativas, em especial a equipe da CEB e do BRB. “No decorrer das negociações, pudemos contar com o apoio do Presidente do BRB, Paulo Henrique, para que obtivéssemos êxito ao final da operação de captação de recursos. O Banco Regional de Brasília sempre se mostrou parceiro das empresas do centro-oeste, focado em atuar pelo desenvolvimento do Distrito Federal”, disse.

Garcia ainda exaltou o apoio constante do Governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, à gestão da CEB. “O governador tem nos oferecido importante apoio nos desafios que temos enfrentado na administração da concessionária, em especial durante as negociações para a realização de aportes na CEB Distribuição e no decorrer das tratativas para a assinatura do Acordo Coletivo de Trabalho dos empregados da Companhia, no início do mês de dezembro”, finalizou.