CGH é aprovada para operação comercial em Santa Catarina

Decisão envolve turbina de 1,2 MW da usina Rafael Arabutã. Na Bahia, Aneel suspende operação de aerogerador indisponível desde 9 de julho de 2019

A central de geração hidrelétrica Rafael Arabutã, localizada no município de Arabutã, Santa Catarina, recebeu a autorização da Aneel para operar um hidrogerador de 1,2 MW de capacidade instalada. A usina pertence à empresa Cinética Energia.

Já a superintendência adjunta de fiscalização dos serviços de geração do órgão regulador decidiu suspender a operação comercial do aerogerador UG13, de 2 MW de potência da central geradora eólica São Pedro do Lago, situada em Sento Sé, na Bahia. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 9 de janeiro, por meio do despacho nº 44.

Segundo a nota, a suspensão, que é de caráter temporário, começou a valer a partir de 9 de julho de 2019, data em que a empresa responsável pela eólica comunicou a Agência a inoperância não programada da turbina, prevendo uma indisponibilidade superior a 90 dias. Informada que essa questão poderia motivar a suspensão da sua operação comercial, a São Pedro do Lago foi instada a apresentar manifestação a título de contraditório e ampla defesa, mas não protocolou nenhuma manifestação.

Sendo assim, a suspensão comercial irá perdurar até que a condição operativa da unidade seja restabelecida. A EOL é atualmente constituída por nove aerogeradores de 2 MW e quatro de 3 MW, totalizando 30 MW de capacidade instalada.