EGP bate recorde com mais de 3 GW construídos em 2019

Subsidiária renovável do grupo Enel acrescentou cerca de 190 MW a mais de capacidade do que no ano anterior, chegando a marca de 46 GW de potência gerenciada

A Enel Green Power (EGP) revelou que implementou mais de 3 GW em projetos de energia renovável em todo o mundo no decorrer de 2019. Com esse volume atingiu seu novo recorde de capacidade instalada, com cerca de 190 MW a mais do que no ano anterior, acréscimo de 6,5% nessa base de comparação. Segundo a empresa foram  acrescidos 47 empreendimentos que somam 1.813 MW oriundos da fonte eólica e 1.193 MW pela solar fotovoltaica.

Em termos geográficos, os ativos estão distribuídos em sua maioria na Europa (1.072 MW), principalmente na Espanha, seguido pela América Latina (997 MW), com destaque para o México, América do Norte (867 MW), predominantemente nos Estados Unidos, além de África, Ásia e Oceania (94 MW), sobretudo na África do Sul.

Em comunicado, Antonio Cammisecra, CEO da companhia, creditou o resultado ao trabalho e dedicação dos colaboradores da EGP. “Essa conquista significa uma nova referência para todo o setor, uma vez que confirma nossa liderança global em negócios de energia renovável. Olhando para o futuro, nós nos desafiamos a continuar batendo novos recordes, em linha com o que foi anunciado no Plano Estratégico do Grupo Enel para 2020-2022, que prevê um aumento médio de capacidade de 4,7 GW ao ano”, afirmou.

Agora a EGP passa a gerenciar 46 GW da capacidade total que irá permitir a geração de cerca de 9,3 TWh em um ano de operação plena. Nos cálculos da empresa serão evitados a emissão de 5,85 milhões de toneladas de CO2 por ano na atmosfera, o que vai de encontro ao objetivo do Grupo Enel de gerar cerca de 57% de sua produção por meio de recursos renováveis até 2022.