Abegás: consumo para geração subiu 156,7% em novembro

Consumo total de gás natural teve aumento de 35,72% em relação a novembro de 2018

O levantamento estatístico da Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado mostra que o consumo de gás aumentou 35,72% em novembro de 2019. O destaque ficou com a geração termelétrica, que cresceu 156,7% em relação ao mesmo período de 2018. Na comparação com o mês anterior, houve retração de 6,03% quando se analisa os dados exclusivos para as térmicas. O volume destinado às centrais de geração chegou a 33,8 milhões de metros cúbicos/dia. Segundo a associação, foram consumidos em novembro um total de 74,8 milhões de m³ /dia ante os 55,1 milhões m³ no mesmo mês de 2018.

Na avaliação da entidade, o aumento é explicado em parte, pelo desligamento de térmicas a gás em novembro de 2018, determinado pelo Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico naquele mês.

No total, quando se compara com o mês de outubro de 2019, quando o consumo chegou a 78,2 milhões de m ³/dia, nota-se uma queda de 4,4%. O levantamento da Abegás foi feito com concessionárias em todas as regiões do país. Em novembro, o número de unidades consumidoras de gás natural ultrapassou 3,65 milhões.

Na classe industrial o segmento teve uma queda de 2,55% em relação a outubro e de 5,18% em relação ao mesmo período de 2018. Na comercial, houve retração de 1,03% em novembro, mas registra aumento de 8,29% no acumulado do ano. Na residencial, o segmento apresentou retração de 6,03% em relação ao mês anterior, explicada pela sazonalidade do período, com a elevação das temperaturas e menor consumo de gás em chuveiros. A cogeração  acompanhou a desaceleração da indústria e registrou retração de 15,94% comparado ao mês anterior. Na classe automotiva, o uso de GNV se manteve estável em novembro, enquanto no acumulado do ano o crescimento é de 3,67%.