Nível de reservatórios no sul reduzem a 27,5%

Região sudeste/centro-oeste contou com aumento de 0,1% na capacidade de armazenamento pelo terceiro dia seguido, trabalhando com 21,2%

Os reservatórios do sul registraram queda de 0,3% no seu volume útil em relação ao dia anterior, para 27,5%, informou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), segundo dados do sistema da última quarta-feira, 15 de janeiro. A energia afluente no mês foi para 46% da MLT, enquanto a armazenada afere 5.464 MW. As UHEs G.B Munhoz e Passo Fundo funcionam respectivamente com 19,44% e 27,54%.

O sudeste/centro-oeste contou com acréscimo de 0,1%, chegando a 21,2% da capacidade. A energia contida indica 42.990 MW mês e a afluente aparece com 64% da MLT. Furnas admite 14,44% de volume e a UHE São Simão opera a 35,71%. O nordeste do país também cresceu em 0,1%, chegando a 38,9% de sua vazão, a maior entre os submercados brasileiros. A energia afluente segue em 37%, enquanto a armazenada indica 20.061 MW mês. A hidrelétrica de Sobradinho funciona a 30,25%.

O subsistema norte apresentou crescimento de 0,2%, atingindo 16,3% de sua capacidade de armazenamento. A energia contida aparece com 2.479 MW e a armazenável admite 48% da MLT. A usina de Tucuruí opera com 20,07% de sua capacidade.

Outras informações sobre níveis de armazenamento, bem como a geração de gráficos comparativos, podem ser acessadas na Seção Reservatórios do Monitor, disponível para assinantes do CanalEnergia.