PLD cresce 32% em todos os submercados

Segundo a CCEE, expectativa é de que afluências fiquem em torno de 64% da Média de Longo Termo para o sistema em janeiro

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informou nesta sexta-feira, 17 de janeiro, que o Preço de Liquidação das Diferenças para a quarta semana de janeiro (18 de janeiro a 24 de janeiro) subiu 32%, em todos os submercados em relação à semana passada, saindo de R$ 268,32 para R$ 355,42/MWh. Segundo a CCEE, o principal fator responsável pelo aumento é a estimativa menos otimista das afluências. Na carga pesada, o PLD ficou em R$ 362,06, na média em R$ 356,87 e na leve em R$ 351,38, em todos os subsistemas.

Para janeiro espera-se que as afluências fiquem em torno de 64% da MLT para o sistema, estando abaixo da média para todos os submercados. No sudeste/centro-oeste  é de 70%, no sul de 53%, no nordeste de 38% e no Norte é de 66% média histórica.

Por sua vez, para a próxima semana, a carga prevista do SIN é 427 MW médios mais alta em relação à expectativa da semana passada, com elevação de 571 MW médios apenas no submercado sul. O norte apresentou redução de 144 MW médios, enquanto o sudeste e o nordeste não tiveram alteração nas previsões.

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 1.741 MW médios mais baixos em relação ao esperado. Houve redução em todos,  no sudeste  com 1.226 MW médios a menos, no nordeste em 465 MW médios, no norte em 30 MW médios e no sul em 20 MW médios.

O Mecanismo de Realocação de Energia (MRE), considerando a sazonalização flat da garantia física para o mês, teve previsão revista de 90,2% para 90,5%. Já o fator de ajuste do MRE considerando a sazonalização realizada pelos agentes foi estimado em 87,8%.

A previsão de janeiro para os Encargos de Serviço do Sistema totaliza R$ 610 mil, decorrente de geração termelétrica por unit commitment.

* Nota da redação: a matéria foi corrigida em 21/1/2020 às 9h39 para atualizar os valores de previsão de Encargos de Serviço do Sistema que estava erroneamente indicado em R$ 11 milhões.