Copel recupera 43,5 GWh em 2019

Equipes da companhia flagraram mais de 10 mil ligações irregulares, reavendo R$ 34 milhões aos cofres da empresa

A Copel conseguiu recuperar um montante de 43,5 GWh de energia elétrica irregular ao longo do ano passado. As equipes de combate a ligações irregulares e fraudes no sistema de medição de energia elétrica da Copel detectaram ao todo 10.849 ligações clandestinas realizados por consumidores em todo o Paraná, o equivalente a 43 casos confirmados por dia.

Segundo o balanço divulgado pela empresa, o trabalho de fiscalização contou com 40 equipes dedicadas à atividade de inspeção das instalações, o que garantiu a recuperação de R$ 34 milhões.  E ressaltou que o combate aos procedimentos irregulares exige tecnologia e gestão adequados. Isso porque a maior parte dos casos detectados atualmente, cerca de 80%, não é feita diretamente na rede, mas dentro da entrada de serviço das unidades consumidoras. Para potencializar a soma de esforços com a Polícia Civil na investigação dos casos, técnicos da companhia participaram de atividades formativas para peritos da corporação.

O superintendente comercial da Copel Distribuição, João Acyr Bonat Junior, alerta que a prática dos populares “gatos” pode prejudicar os consumidores que pagam sua conta de luz regulamente, além de afetar a segurança do sistema, pois podem causar sobrecarga na rede, provocando variação de tensão e até incêndios.

As informações acima são da Agência Paraná