Eletrobras fará emissão de US$ 1,75 bi

Recursos serão usados para refinanciamento de dívidas da estatal, Fitch já atribuiu nota de risco para a operação

A Eletrobras anunciou em comunicado ao mercado que iniciou a emissão de US$ 1,75 bilhão em títulos da dívida no mercado internacional. O vencimento será em cinco anos (notes 2025) e dez anos (notes 2030), cujos cupons serão definidos conforme demanda do mercado nessa operação. De acordo com a estatal, os recursos captados serão usados para o refinanciamento de dívidas da empresa, incluindo, sem limitação, para a consumação da Oferta de Aquisição das Notes 2021.

A agência de classificação de risco Fitch Ratings atribuiu rating ‘BB-‘ para a emissão. De acordo com a Fitch, os IDRs da Eletrobras são equalizados com o rating soberano do Brasil (BB- / Estável), uma vez que o vínculo da empresa com o país é considerado forte e o governo tem um incentivo de forte a muito forte para fornecer apoio para a empresa. A avaliação da Fitch sobre o incentivo do governo a apoiar a Eletrobras vem das fortes implicações sociopolíticas e que o não cumprimento pode ter na capacidade da empresa de fornecer serviços de qualidade.