EDP obtém LI para biomassa em fábrica no Sul

Iniciativa contribuirá para que cervejaria atinja meta de ter 70% de sua energia gerada por fontes renováveis

A EDP recebeu na última quinta-feira, 23 de janeiro, a licença de instalação para um projeto de biomassa a ser desenvolvido para a cervejaria Heineken.  A iniciativa consiste na instalação de uma caldeira na fábrica da empresas localizada em Igrejinha (RS), o que permitirá à empresa substituir combustíveis fósseis por uma fonte renovável de energia.

Considerando as características de sustentabilidade do projeto, a licença foi concedida em apenas 20 dias após o protocolo, o documento foi analisado pelas equipes da Secretaria do Meio-Ambiente e Infraestrutura do Rio Grande do Sul (Sema) e da Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler (Fepam). A solução criada pela EDP também irá contribuir com a meta global de sustentabilidade do grupo Heineken de, até 2030, ter 70% da energia que consome gerada por fontes renováveis. No Brasil, a companhia holandesa estima ter 100% de suas cervejarias alimentadas por fontes renováveis até 2023.

Nos últimos anos a EDP vem ampliando sua presença no Rio Grande do Sul. A companhia possui no Estado uma divisão dedicada a projetos de eficiência energética e, em 2019, adquiriu os direitos de construção e operação de uma linha de transmissão de 142 Km, que conecta o estado a Santa Catarina.