PLD médio recua 43% na primeira semana de fevereiro

Principal responsável pela queda do preço foi a melhora na expectativa de afluências para as próximas semanas

O Preço de Liquidação das Diferenças (PLD) para o período de 1º a 7 de fevereiro de 2020 caiu 43% em todos os submercados. Segundo informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica na noite da última sexta-feira, 31 de janeiro, o valor médio no Sudeste/Centro-Oeste saiu de R$ 333/MWh e foi a R$ 190,96/MWh. O preço no Sul caiu para R$ 191,01/MWh, enquanto os submercados nordeste e norte passaram de R$ 332,28/MWh para R$ 190,96/MWh.

De acordo com a CCEE, o principal responsável pela queda do preço foi a melhora na expectativa de afluências para as próximas semanas. Para o mês de janeiro, a ENA para o SIN ficou em 62% da Média de Longo Termo. As afluências dos submercados em relação à MLT foram de 70% no Sudeste, 46% no Sul, 40% no Nordeste e 53% no Norte e para fevereiro, espera-se ENA  87%, 55%, 85% e 76%, respectivamente, totalizando 82% no SIN.

A carga prevista para mês de fevereiro apresentou elevação em 216 MW médios. O submercado Sudeste/Centro-Oeste elevou em 464 MW médios e o norte reduziu em 248 MW médios, em relação ao mês anterior. Para os demais submercados, as previsões não sofreram alterações. Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 4.898 MW médios acima do esperado. O aumento foi verificado no Sudeste com 2.861 MW médios, Nordeste em 1.600 MW médios e no Norte com 577 MW médios. No Sul, os níveis estão mais baixos em 140 MW médios.

O fator de ajuste do MRE para o mês de janeiro de 2020 está estimado em 85%, e a previsão para fevereiro é de 105,3%.

A previsão para janeiro de 2020 para o ESS está em R$ 3 milhões, sendo R$ 2,6 milhões referentes à restrição operativa e R$ 610 mil de Unit Commitment. Para fevereiro de 2020, a previsão do ESS é nula.