Produtora de celulose obtém incentivos fiscais para UTE em SP

Decisão do MME enquadra três unidades geradoras da usina Bracell, que totaliza 381 MW e 1,6 bilhão em investimentos livre dos encargos de PIS/PASEP e Confins

O projeto de construção da central termelétrica Bracell, no município de Lençóis Paulista, em São Paulo, foi enquadrado pelo Ministério de Minas e Energia junto ao Regime Especial para o Desenvolvimento da Infraestrutura (Reidi). A decisão contempla a implementação de três unidades geradoras de 127 MW, totalizando 381 MW de capacidade instalada. O Reidi prevê a isenção de PIS/PASEP e Confins na aquisição de bens e serviços para empreendimentos de infraestrutura.

Nesse caso, o enquadramento permitirá à produtora de celulose solúvel e especial, Bracell SP Celulose Ltda, explorar o empreendimento através de um investimento planificado em aproximadamente R$ 1,6 bilhão, livre dos encargos. O período de execução das obras acontece entre janeiro desse ano até novembro de 2021, conforme o despacho publicado pelo MME no Diário Oficial da União e no seu portal.