EDP ES registra mais de 150 mil clientes prejudicados por pipas em 2019

Concessionária identificou 951 ocorrências na Grande Vitória

A EDP  Espírito Santo registrou 951 ocorrências de pipas na rede elétrica que abastece a grande Vitória durante 2019, deixando 153.920 clientes sem energia em algum momento do ano. Para o atendimento, as equipes da concessionária são deslocadas para os reparos e limpeza do sistema danificado, na maioria dos casos com a camada protetora da fiação cortada pela linha com cerol, interrompendo o fornecimento elétrico para a região.

Segundo a Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), essas ocorrências foram a quinta maior causa de mortes relacionadas a energia elétrica no país entre 2009 e 2017, atrás de construção/manutenção predial, ligações clandestinas, instalação de antenas e poda de árvores. No período foram registrados 77 óbitos.

Afonso Celso, gestor executivo da EDP, reforça a importância da prática segura da brincadeira. “Trabalhamos para restabelecer o fornecimento de energia o mais rápido possível, mas nossa preocupação maior é com a segurança. Sabemos que o cerol ainda é muito utilizado e, dependendo de sua composição pode ser condutor de energia, podendo causar sérios acidentes com quem está brincando e com outras pessoas”, salienta.

Para conscientizar a população e alertar crianças e adultos sobre como reduzir os riscos na hora de brincar, a companhia e o Instituto EDP realizam projetos durante todo o ano com as comunidades dos municípios onde a concessionária atua, sobretudo em escolas e áreas com altos índices dessas ocorrências.