Geração e consumo sobem 0,5% em dezembro, aponta CCEE

Com aumento de 73%, térmicas representam 19% de toda a produção no período; ACL cresce 1,9%

A geração e consumo de energia elétrica no país cresceram 0,5% em dezembro de 2019 quando comparado ao mesmo período de 2018, informou a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica – CCEE na última quarta-feira, 12 de fevereiro. Com uma redução de 13,3% na produção das hidrelétricas, o aumento da geração no período decorre de uma maior participação das térmicas, eólicas e solares na matriz.

Segundo o boletim InfoMercado Mensal, as termelétricas alcançaram a marca de 12.112 MW médios, representando 19% de toda a energia gerada, elevação de 73,4% em relação a dezembro de 2018, quando aferiu 6.985 MW médios. As eólicas, que já representam 10% da produção do país, destacaram-se com 6.867 MW médios, aumento de 37% na comparação anual. Ainda com pouca representatividade, as usinas fotovoltaicas geraram 664 MW médios, alta de 49%.

Já o consumo no período contabilizou 64.638 MW médios, também apresentando elevação de 0,5%. O Ambiente de Contratação Regulada – ACR manteve-se estagnado, enquanto o Ambiente de Contratação Livre – ACL apresentou acréscimo de 1,9% no comparativo, sendo esse movimento impactado pela migração dos clientes do ambiente regulado para o ambiente livre.

Com a exclusão do efeito da migração, comparando a mesma base de empresas de 2018 e 2019, a CCEE identificou uma ampliação de 1,9% do consumo no ACR e queda de 3% no ACL. A diminuição é em grande parte explicada pela retração do consumo em sete segmentos de atividade, os quais totalizam cerca de 68,5% do total deste ambiente.