Trina Solar ultrapassa marca de 10 GW em módulos comercializados

Fabricante chinesa também quebrou recorde mundial de eficiência em conversão de células monocristalinas em 2019 e mira novos avanços tecnológicos para os próximos anos

Os embarques globais de módulos fotovoltaicos da Trina Solar ultrapassaram um novo marco em 2019, superando os 10 GW. De acordo com o ranking de remessas de esses equipamentos, divulgado pela PV InfoLink, a fabricante ficou entre as três principais e manteve sua liderança global na categoria. A empresa também quebrou o recorde mundial de eficiência de conversão de células monocristalinas do tipo N e i-TOPCon cast-mono do tipo N, enquanto continua a promover tecnologias de módulos multibarramentos, vidro duplo, bifaciais e outros avanços para o segmento.

Um desses casos é o desenvolvimento de módulos que implantam a pastilha de silício de 210 mm. Com base em décadas de Pesquisa e Desenvolvimento, e experiência em fabricação, a companhia introduziu um design de três peças e multibarramentos para módulos de tamanho grande. O primeiro protótipo de 210 módulos saiu da linha de produção no início de 2020, acelerando o tempo de colocação no mercado para peças de tamanho grande.

O negócio de soluções TrinaPro também apresentou rápido crescimento no ano que passou. Combinados com um algoritmo rastreador bifacial inteligente e um inversor inteligente de 1500V, as soluções providas pelo braço da empresa podem melhorar a eficiência geral do sistema, reduzir o custo nivelado de eletricidade e conquistar a preferência de clientes no mundo todo.

Segundo a companhia chinesa, as vendas da solução nos três primeiros trimestres de 2019 subiram para mais de cinco vezes os números de 2018. O TrinaPro foi implementado em várias instalações de energia fotovoltaica que entraram em operação em 2019, incluindo o parque solar Qinghai Golmud e uma usina em Marchihue, Chile, conquistando o reconhecimento dos proprietários pela excelente geração de energia e confiabilidade do sistema.

Em 2019, a fabricante investiu na construção de instalações de produção de células solares e módulos de alta eficiência em GW em Yiwu, Zhejiang e Suqian, Jiangsu na China e assinou acordos-quadro para a segunda fase dos projetos que, após a conclusão em 2020, aumentarão significativamente a capacidade da corporação.

O vice-gerente geral e vice-presidente executivo da Trina Solar, Yin Rongfang, afirmou que o negócio alcançou novamente números notáveis em termos de remessas e recebeu reconhecimento de clientes ao redor do mundo. “Em 2020 seguiremos desenvolvendo novos módulos e rastreadores, expandindo a amplitude de soluções de energia inteligente e o número de projetos derivados”, comentou.