Copel garante gás para Araucária em 2020

Acordo foi fechado com a Petrobras para ter 2,15 milhão de m³ de gás natural ao dia até o encerramento do ano

A Copel e a Petrobras fecharam acordo para o suprimento de combustível para a UTE Araucária (PR, 484 MW) e que funciona em ciclo combinado. A central é de propriedade da elétrica paranaense. A vigência do contrato se deu a partir de 21 de fevereiro de 2020 e vigorará até o final deste ano para o fornecimento de 2.150.000 metros cúbicos de gás natural por dia, sem a obrigatoriedade de retirada desse insumo.
De acordo com a Copel, assim a usina ficará disponível ao Sistema Interligado Nacional e poderá ser despachada a critério do ONS. Os valores de CVU homologados pela Agência Nacional de Energia Elétrica até 30 de abril estão em R$ 681,79/MWh com a inclusão dos custos fixos da usina. Já sem esses custos é de R$ 483,02/MWh. Na tabela apresentada no comunicado está indicado que o montante de geração necessário à recuperação dos custos fixos, apurados a partir de 9 de outubro do ano passado é de 640.872 MWh.
Segundo a nota da Copel, no contrato de suprimento, a usina poderá gerar por meio da Cessão de Créditos de Energia, segundo a REN 614/2014 da Aneel. Assim, a usina poderá despachar energia fora da ordem de mérito, sendo que o fornecedor de gás informará, semanalmente, se acionará a central de geração. Nesse cenário, explicou, o despacho não será ao preço de CVU e sim por um valor acordado entre as partes, considerando oportunidades de mercado e margens consideradas adequadas para a operação, possibilitando assim, a recuperação do custo fixo referente ao período de despacho.