Atlas e Anglo American fecham acordo para usina solar

Contrato tem valor de R$ 881 milhões e viabilizará UFV em Minas Gerais com 330 MW de potência instalada

A Atlas e a mineradora britânica Anglo American Plc anunciaram a assinatura do maior contrato de compra e venda de energia solar em larga escala no Brasil. O acordo prevê o investimento de R$ 881 milhões para o fornecimento de energia a ser gerada pela UFV Atlas Casablanca, localizada em Minas Gerais. A estimativa é de que a usina deverá fornecer cerca de 9 TWh no prazo do contrato que é de 15 anos e com data de início em 2022.
A central de geração tem uma capacidade instalada de 330 MW com mais de 800 mil módulos. Em comunicado em conjunto, as empresas apontam que esse contrato faz parte da estratégia da Anglo American de usar 100% de energia renovável em suas operações no Brasil a partir de 2022 e faz parte do objetivo de criar uma mina sustentável, que tem como meta reduzir todas as suas emissões de CO2 em 30% até 2030.
Segundo o CEO da mineradora no Brasil, Wilfred Bruijn, com esse contrato e mais um assinado para a construção de uma usina eólica na Bahia, a empresa já tem 90% da energia de fontes renováveis.
Atlas Renewable Energy é uma empresa que desenvolve, constrói e opera projetos de energia renovável com contratos de longo prazo em toda a América Latina. O atual portfólio é de mais de 1,7 GW de projetos contratados nas fases de desenvolvimento, construção ou operação, e tem como objetivo aumentar 4 GW adicional na próxima década.