Bloxs Investimentos faz captação de R$ 1,75 milhão para planta de GD na Bahia

Investidores terão participação de 2,57% por cota e rentabilidade de 16.64% ao ano na Usina Solar Adágio

A Bloxs Investimentos concluiu as operações de equity para investidores da primeira usina de energia compartilhada do Nordeste. A Usina Solar Adágio foi estruturada pela empresa Terra do Sol, contratada para implementar um sistema de instalação de placas fotovoltaicas para produção de energia solar, na capital baiana, no bairro de Caminho das Árvores, em Salvador. Ao todo, foram captados R$ 1,75 milhão via plataforma da Bloxs Investimentos. O objetivo da Blox é democratizar o acesso a investimentos alternativos de qualidade, a partir de operações 100% online com a regulamentação da Comissão de Valores Mobiliários.

Segundo Souto, optar por investimentos alternativos contribui para um ganho maior em todas as áreas, reduzindo custos operacionais, elevando oportunidades de negócios, melhorando o desempenho da empresa e deixando as tarefas mais práticas e rápidas. Nas operações de equity para Usina Solar Adágio Salvador, os investidores terão participação de 2,57% por cota e rentabilidade de 16.64% ao ano. Serão 35 cotas de R$ 50 mil

A usina fotovoltaica implantada na Fazenda Terra do Sol beneficiará os locatários com dividendos aos sócios investidores mensalmente. Além disso, o valor da locação da usina solar reduz em até 20% o custo com o consumo de energia elétrica pela rede da Coelba. Outra vantagem para o locatário é o uso da rede de distribuição com valor mínimo e desconto de até 20% na média mensal de energia para a Terra do Sol. A Terra do Sol, como sócia e administradora da SPE, acompanhará mês a mês a produção da usina, fazendo a cobrança e recebimento dos aluguéis mensais que serão recebidos em conta corrente da SPE e distribuídos aos investidores.

Através da usina, a empresa aluga as placas instaladas em uma fazenda na cidade de Salvador, e em troca os clientes recebem descontos na fatura mensal da distribuidora de energia Coelba. Felipe Souto, CEO da Bloxs, acredita estar no caminho certo para democratizar o acesso de empresas e projetos ao Mercado de Capitais e dos investidores comuns às oportunidades diretas em investimentos alternativos. Ele quer levar o negócio a outro patamar, trazendo a escalabilidade necessária à plataforma.