Cade aprova reestruturação em ativos de energia do BTG Pactual

FIP Vulcan comprou 100% de ações do FIP Brasil energia em UTEs e PCH

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou sem restrições a compra pelo FIP Vulcan de aproximadamente 100% das ações representativas do capital social detidas pelo FIP Brasil Energia nas UTEs Viana (ES – 174,6 MW), UTE Linhares (ES – 204 MW), Ponta Negra (AM – 85,3 MW) e PCH Braço (RJ – 11,5 MW). As empresas atuam na área de geração e comercialização de energia. A operação é uma estratégia do BTG para reestruturar os seus ativos relacionados à geração e comercialização de energia no Brasil. O FIP Brasil Energia é um fundo de investimento em participações gerido pelo BTG Pactual e constituído sob a forma de condomínio fechado. Já o Vulcan pertence ao Grupo BTG Pactual e é uma comunhão de recursos destinados ao investimento em valores mobiliários de emissão de sociedades por ações.

Na operação, as ações representativas do capital social da Linhares serão adquiridas através da Rio Doce, um veículo do FIP Vulcan. As demais serão adquiridas pelo Vulcan, que foi criado especificamente para operacionalizar a transação. A Servtec, que tem 50% das ações da Gera Amazonas, terá o direito de vender a sua parte.