Revisão de receita da Light Energia e da Afluente entrará em consulta pública

Índices finais de reposicionamento da RAP serão aplicados em 1º de julho

Os processos de revisão da Receita Anual Permitida da Light Energia e da Afluente Transmissão de Energia Elétrica entrarão em consulta pública nesta quarta-feira, 25 de março. No caso da Light, a proposta apresentada pela Aneel prevê aumento de 30% na RAP (25,87% reais, incluída a inflação pelo IPCA), enquanto a Afluente terá redução de 7,62% (-12,01% reais, somada a variação do IGPM). Os índices finais de reposicionamento serão aplicados em 1º de julho.

No caso da Light, trata-se da primeira revisão desde a reestruturação da empresa, com a separação das atividades de distribuição e transmissão. Com a revisão sugerida na consulta pública, a receita anual passará de cerca de R$ 10,2 milhões no ciclo 2019/2020 para R$ 13,2 milhões no período que vai de julho de 2020 a junho de 2021.

A Afluente passará pela segunda revisão periódica. A proposta da Aneel reduz a receita vigente da transmissora de R$ 42,7 milhões do ciclo atual para R$ 39,5 milhões no próximo ciclo de 12 meses.

A agencia reguladora vai receber contribuições no processo da Light até 9 de maio pelo email cp016_2020@aneel.gov.br. Na consulta pública da Afluente, as manifestações poderão ser enviadas até 8 de abril pelo e-mail cp015_2020@aneel.gov.br.