IBP doa recursos para erguer hospital de campanha no RJ

Associadas Chevron, Ipiranga, Raízen, Repsol Sinopec Brasil e Shell contribuirão com aporte para a iniciativa, que prevê 100 leitos de UTI e outros 100 para enfermaria na capital carioca

O Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP), por meio de cinco empresas associadas – Chevron, Ipiranga, Raízen, Repsol Sinopec Brasil e Shell – doou recursos financeiros para a construção de um hospital de campanha no bairro do Leblon, no Rio de Janeiro. O espaço será destinado exclusivamente para receber até 200 pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) diagnosticados com a Covid-19, sendo 100 leitos para UTI e outros 100 para enfermaria.

A construção e operação desta nova unidade será liderada pela Rede D’ Or, num investimento planificado em R$ 45 milhões via doações de empresas, entre elas a Rede D´Or, Bradesco Seguros, Lojas Americanas, Banco Safra e o IBP. Além da estrutura totalmente equipada para atendimentos e exames com foco em tomografia digital, o local também terá radiologia convencional, ultrassom, ecocardiograma e laboratório de patologia clínica.

O prazo para implementação da iniciativa é de 30 dias e a expectativa é de que a unidade funcione por quatro meses, período considerado crítico no tocante à evolução da epidemia na cidade. O hospital será montado no terreno ao lado do 23º Batalhão da Polícia Militar, na autoestrada Lagoa-Barra, que se encontra sem construções neste momento. É um ponto estratégico para a logística da cidade entre a Zona Sul e a Barra e poderá atender diferentes comunidades locais, como a Rocinha e Vidigal. Ao todo, serão gerados 1 mil empregos diretos e indiretos.

Clarissa Lins, presidente do IBP, agradeceu as empresas associadas que participaram da iniciativa, afirmando que momento é de encontrar formas de colaborar para que a sociedade supere a pandemia. “Reforçamos o compromisso de trabalhar de forma incessante para atenuar os sacrifícios impostos à população no combate à Covid-19”.