Neoenergia energiza SE em Atibaia com antecipação de 14 meses

Novo Compensador Estático de Reativos (CER) poderá coordenar escoamento de energia de Belo Monte para o Sudeste, em caso de carga pesada ou desligamentos na região

Com uma antecipação de 14 meses frente ao prazo contratual, definido pela Aneel para fevereiro de 2021, a Neoenergia anunciou na última quarta-feira, 1º de abril, a conclusão de ampliação da subestação Fernão Dias, em Atibaia (SP). O empreendimento recebeu um Compensador Estático de Reativos (CER), referente ao lote 20 do leilão 005 de 2016, que ocorreu em abril de 2017. O equipamento é reconhecido pelos complexos sistemas eletrônicos de potência, sendo seu principal objetivo reforçar a estabilidade do escoamento de potência elétrica, por meio do Sistema Interligado Nacional (SIN).

De acordo com a companhia, o CER permitirá, num cenário de carga pesada ou de desligamento, que as regiões norte e nordeste exportem energia provenientes do sistema hidrelétrico de Belo Monte para o sudeste. Dessa forma, garantirá uma transmissão de energia mais estável, confiável e de qualidade para a região sudeste, maior parque industrial do Brasil.

Segundo a subsidiária da Iberdola no Brasil, a nova SE é totalmente automatizada, com sistema integrado de supervisão, comando, controle e proteção, dispensando a presença de eletricistas e operadores para efetivar manobras. Essas operações são realizadas pelo centro de operação central da empresa, no Rio de Janeiro, por meio de comunicação via satélite. Além de aprimorar a confiabilidade do sistema, os colaboradores também são capazes de atuar de forma mais rápida e assertiva durante possíveis ocorrências.