PLD fica no piso em todos os submercados

Expectativa de afluências no SIN e uma nova redução de carga nos subsistemas Nordeste e Norte afetam o preço, segundo CCEE

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informou que o Preço de Liquidação das Diferenças, para o período de 4 a 10 de abril, manteve-se no piso de R$ 39,68/MWh em todos os submercados. Segundo a CCEE, o principal fator responsável por manter o PLD no mínimo regulatório foi a manutenção das expectativas de afluências para o Sistema Interligado Nacional, aliada à uma nova redução de carga nos subsistemas Nordeste e Norte.

Espera-se que as afluências de abril de 2020 fechem em torno de 91% da média de longo termo para o sistema, sendo aproximadamente 87% na região Sudeste, 107% na região Nordeste, 110% na região Norte e 19% na região Sul.

A expectativa para a próxima semana operativa é de que a carga prevista para o Sistema Interligado Nacional fique cerca de 630 MW médios mais baixa. Sudeste/Centro-Oeste e Sul não apresentam variações previstas na demanda. Projeta-se queda de 523 MW médios para o Nordeste e de 107 MW médios para o Norte.

Já os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 378 MW médios abaixo do esperado. O aumento foi verificado somente nos submercados Sudeste (+409 MW médios) e no Sul (+40 MW médios). Nordeste (-568 MW médios) e Norte (-259 MW médios) possuem níveis mais baixos que a expectativa da semana anterior.

O fator de ajuste do MRE estimado para o mês de abril de 2020 passou de 108,6% para 106,9%. O Encargo de Serviços do Sistema (ESS) para abril de 2020 tem previsão de apenas R$ 290 mil devido a restrições operativas.