PLD continua no piso em todo o país

Principal fator responsável por manter o PLD no valor mínimo regulatório foi a manutenção das expectativas de afluências para o SIN

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica informou que o Preço de Liquidação das Diferenças, no cálculo para o período de 18 a 24 de abril manteve-se no piso de R$ 39,68/MWh em todos os submercados para a quarta semana operativa do mês. Segundo a CCEE, o principal fator responsável por manter o PLD no valor mínimo regulatório foi a manutenção das expectativas de afluências para o Sistema Interligado Nacional (SIN), aliada à uma nova redução da previsão de carga em todos os subsistemas.

Espera-se que as afluências de abril fechem em torno de 87% da média de longo termo para o sistema, sendo 86% na região Sudeste, 98% na região Nordeste, 102% na região Norte e 17% na região Sul.

A expectativa para a próxima semana operativa é de que a carga para o SIN fique cerca de 2.578 MW médios mais baixa do que a previsão realizada na semana anterior, com queda em todos os submercados: no Sudeste (-1.711 MW médios), no Sul (-526 MW médios), no Nordeste (-132 MW médios) e no Norte (-209 MW médios).

Os níveis dos reservatórios do SIN ficaram cerca de 1.677 MW médios abaixo do esperado. O Sul foi o único a verificar aumento (+159 MW médios) em relação a previsão. Os níveis estão mais baixos que os esperados nos submercados Sudeste (-1.226 MW médios), Nordeste (-567 MW médios) e Norte (-43 MW médios).

O fator de ajuste do Mecanismo de Realocação da Energia (MRE) estimado para o mês de abril de 2020 passou de 106,4% para 102,7%. O Encargo de Serviços do Sistema (ESS) para abril de 2020 tem previsão de R﹩ 13,5 milhões, sendo R﹩ 9,3 milhões referentes a restrições operativas e R﹩ 4,2 milhões por despacho termelétrico por Unit Commitment.