UTE da Oliveira Energia é aprovada para operação comercial no Amazonas

Decisão envolve quase 20 MW da usina Lábrea. Térmica de 45 MW é liberada para testes em Mococa (SP)

A geradora Oliveira Energia recebeu parecer positivo da Aneel, aprovando a operação comercial da termelétrica Lábrea – COE, no Amazonas. A decisão envolve as unidades geradoras UG1 à UG25, com potência de 487 kW cada, UG26 à UG30, de 1,3 MW cada e UG31 e UG32, de 321 kW, totalizando 19,6 MW de capacidade instalada.

Outro provimento da agência foi concedido à empresa Ipiranga Bioenergia Mococa, liberando testes na UTE Bioenergia Mococa, com uma unidade de 45 MW de potência em Mococa, São Paulo.